Buscar
  • Ionice A. Lourenço

Inteligência Emocional

Pessoas que exercitam a inteligência emocional são sensatas, não deixam com que as emoções controlem suas relações de forma a prejudicá-las.


Se você pudesse, você escolheria ser ansioso, depressivo ou explosivo? Com certeza não! O problema é que, às vezes, isso acontece inconscientemente. E por que será que as vezes não conseguimos controlar nossos impulsos e sentimentos?


"A melhor forma de você desenvolver a inteligência emocional é buscar o autoconhecimento. Reconhecer as suas próprias emoções e a partir disso aprender a lidar com elas. Evite reagir imediatamente a situações sem refletir, aprenda a ouvir."

A inteligência emocional é a capacidade que nós temos de gerenciar e administrar as nossas próprias emoções, muito mais do que isso é primordial que você exercite a empatia, que é a habilidade em se colocar no lugar do outro, em entender também as emoções e o posicionamento das outras pessoas com as quais você convive isso estabelece relações saudáveis.


É desagradável, lidar com pessoas que constantemente não filtram o que diz, são desagradáveis e que não estão abertas a entenderem o outro. Sempre são críticas e observam tudo sempre com um lado negativo.


Pessoas que exercitam a inteligência emocional são sensatas, não deixam com que as emoções controlem suas relações de forma a prejudicá-las. Conseguem reconhecer as suas próprias emoções e a do outrem de forma saudável criando e estabelecendo um ambiente tranquilo. São pessoas focadas e habilidosas e são capazes de reconhecer sucessos e fracassos e assumem responsabilidades dos seus próprios erros.


Todos nós sabemos que em um ambiente corporativo e em vários outros contextos iremos passar por situações estressantes, o autocontrole é o diferencial nestas situações. Poder transitar em várias ambientes de forma harmônica e salutar é primordial. Atualmente mais do que o consciente intelectual as empresas buscam o quociente emocional, pois para lidar com pessoas é preciso que você tenha maturidade emocional e principalmente se for um gestor de pessoas.


A melhor forma de você desenvolver a inteligência emocional é buscar o autoconhecimento. Reconhecer as suas próprias emoções e a partir disso aprender a lidar com elas. Evite reagir imediatamente a situações sem refletir, aprenda a ouvir. De acordo com Goleman, o cérebro emocional responde aos acontecimentos de forma mais rápida que o cérebro pensante, por isso é tão importante a reflexão antes do agir, isso faz com que você responda e não reaja, evitando assim situações embaraçosas em determinados momentos.


Goleman ainda em seu livro Inteligência Emocional – A Teoria Revolucionária que Redefine o que é ser Inteligente ressalta que qualquer visão da natureza que ignore as emoções é completamente míope, uma frase que ele citou neste livro e que eu sempre cito nas minhas palestras e que esta no meu livro de cabeceira, é de Saint Exupéry: “A gente só vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos”.


0 visualização
CONTATO

Rua Elizabeta Lips 112 - Centro

Taboão da Serra , SP  -  06763190

Tel: (11) 4786-5824

Whatsapp (11) 98325-8133

ionicelourenco.palestra@gmail.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

© 2020 por Agência Leonie